Indubrasil

Foto por: Rancho Galeano - México

INDUBRASIL, CASO ÚNICO NO MUNDO PECUÁRIO

Por: José Otávio Lemos

Nos últimos 200 anos no mundo, fácil de comprovação, não existiu uma raça sintética, e produzida simultaneamente por diversos centros de formação, tão sólida na uniformidade de tipo como o Indubrasil.

A raça não teve uma receita como várias outras raças que foram formadas. Ninguém pode afirmar as porcentagens de Gir, de Guzerá e de Nelore presentes na primeira raça zebuína brasileira.
Foi feita sob observações a cada geração, uma após outra. “Ponha tal reprodutor.” “Use o filho da tal vaca.” E era Gir, Guzerá e uma pitada de Nelore.

Uma raça muito bem fixada no tipo. E se fizer o exame de DNA, a chance de algum animal com genética taurina é inexpressiva. Ou ela não teria a orelha do tamanho e da forma que tem.
Indubrasil não foi feito por absorção em cima de taurino. Foi uma aula para o selecionador brasileiro aprender a fazer gado, e tal aprendizado ajudou muito na condução das raças puras e outras sintéticas e variedades também surgidas.

E sem essa raça, não teríamos exposto ao mundo o Zebu da forma que foi. O Indubrasil foi a primeira propaganda viva de que o Bos indicus era o tipo ideal para a pecuária tropical. Além do que, a raça Indubrasil foi, inclusive, fundamental para que o Brahman viesse a existir e se tornasse a raça que é.

INDUBRASIL, SINGLE CASE IN THE LIVESTOCK WORLD

In the last 200 years in the world, easy to prove, there was no synthetic bovine breed, and produced simultaneously by several training centers, as solid in uniformity of type as Indubrasil.
The breed did not have a recipe like several other breeds that were formed. No one can affirm the percentages of Gir, Guzerá and Nelore present in the first Brazilian zebu breed.
It was made under observation with each generation, one after another. "Put such a bull." "Use that cow`s son." And it was Gir, Guzerá, and a pinch of Nelore.

A breed very well fixed in kind. And if you do the DNA test, the chance of some animal with taurine genetics is unimpressive. Or it would not have the ear the size and shape it has.
Indubrasil was not made by absorption on top of taurine. It was a lesson for the Brazilian breeder to learn how to make cattle, and such learning helped a lot in driving the pure breeds and other synthetic breeds and also varieties.

And without that breed, we would not have exposed the Zebu world the way it was. Indubrasil was the first living advertisement that the Bos indicus was the ideal type for tropical livestock. In addition, the Indubrasil race was fundamental for the Brahman to exist and become the breed that it is.


INDUBRASIL, EJEMPLO SÓLO EN EL GANADO MUNDO

En los últimos 200 años en el mundo, fácil de demostrar, no hay uma otra raza sintética, y producido de forma simultánea por varios centros de formación, con tipo de uniformidad tan sólido como Indubrasil.

La raza no tenia una receta com las varias otras razas que formaron la miesma. Ninguno puede decir sobre los porcentajes de Gyr y Guzerá Nelore la primera raza cebuina brasileña.
Se hizo en observaciones cada generación, uno tras otro. "Poner este razador." "Use el hijo de una vaca." Y fue Gir, Guzerá y una pizca de Ongole/Nelore.

Una raza muy bien establecida el tipo. Y si lo hace la prueba de ADN, la posibilidad de un animal con la genética taurina es inexpresiva. O que no tenia el tamaño de la oreja y la forma que tiene.
Indubrasil no fue hecho por absorción sobre taurina. Fue una lección para el selector de Brasil aprender a hacer el ganado, y ese aprendizaje ha ayudado mucho en la conducta de las otras razas puras cebuínas y otras sintéticas y variedades.

Y sin esta raza, no habríamos expuesto el mundo cebú la forma actual. El Indubrasil fue la primera publicidad de que el Bos indicus és el tipo ideal para la ganadería tropical. Además, la raza Indubrasil fué incluso esencial para el Brahman llegar a existir y se convirtió en la raz se ha convertido.

PRAÇA VICENTINO RODRIGUES DA CUNHA N. 110
PARQUE FERNANDO COSTA
UBERABA | MG

34 3336-4400

Instagram